Ir para:    página inicial    |    conteúdo página    |    Pesquisa 
Miguel Reis

 

Últimas Notícias

Vídeo - 30 Anos da Agromais

Milho

Mais de 530 milhões de euros em vendas em 30 anos

Plus Alqueva – Porquê?

Campanha Solidária para com as Vitímas dos Incêndios de Pampilhosa da Serra

 

Notícias em Destaque

30º Aniversário da Agromais

200 Voluntários da KPMG colhem 4.2 t de Pimentos

O ano agrícola vai terminar! …….. Porque não fazer contas?

Agrotejo: há 30 anos ao serviço dos agricultores da região

Ou há água ou não há agricultura em Portugal!

Visita - Curso Profissional Agrícola da Golegã

Fruit Attraction 2017 - MADRID

Agromais: há 30anos a cultivar confiança junto dos agricultores

Campanha Solidária para com as Vitímas dos Incêndios de Pampilhosa da Serra

Plus Alqueva – Porquê?

Mais de 530 milhões de euros em vendas em 30 anos

Milho

Vídeo - 30 Anos da Agromais

Eletricidade

Acção de Restolho | ATL do Município da Golegã

5º Edição do MaisMilho

As energias renováveis na Agricultura

Caloiros da Católica-Lisbon "Arregaçam as Mangas" para a Apanha da Batata

Comemorações do 30º Aniversário da Agromais

Faculdade de Medicina de Lisboa - 2º edição

Caloiros da Católica-Lisbon batem novo recorde com 4 toneladas de batata colhida

 

Arquivo de Notícias

Setembro 2017 - 8

Setembro 2016 - 10

Setembro 2015 - 10

Setembro 2014 - 12

Setembro 2013 - 11

Setembro 2011 - 2

Setembro 2010 - 3

Outubro 2017 - 5

Outubro 2016 - 3

Outubro 2015 - 6

Outubro 2014 - 10

Outubro 2013 - 25

Outubro 2010 - 2

Novembro 2017 - 4

Novembro 2016 - 6

Novembro 2015 - 5

Novembro 2014 - 12

Novembro 2013 - 18

Novembro 2010 - 2

Março 2017 - 7

Março 2016 - 13

Março 2015 - 5

Março 2014 - 10

Março 2013 - 9

Março 2012 - 13

Março 2010 - 1

Maio 2017 - 6

Maio 2016 - 7

Maio 2015 - 2

Maio 2014 - 10

Maio 2012 - 1

Junho 2017 - 5

Junho 2016 - 14

Junho 2015 - 6

Junho 2014 - 9

Junho 2012 - 1

Junho 2010 - 3

Julho 2017 - 4

Julho 2016 - 7

Julho 2015 - 7

Julho 2014 - 8

Julho 2013 - 17

Julho 2012 - 5

Julho 2011 - 13

Julho 2010 - 2

Janeiro 2017 - 10

Janeiro 2016 - 11

Janeiro 2015 - 8

Janeiro 2014 - 7

Janeiro 2012 - 7

Janeiro 2011 - 11

Fevereiro 2017 - 8

Fevereiro 2016 - 9

Fevereiro 2015 - 11

Fevereiro 2014 - 16

Fevereiro 2013 - 7

Fevereiro 2011 - 5

Fevereiro 2010 - 1

Dezembro 2016 - 7

Dezembro 2015 - 11

Dezembro 2014 - 3

Dezembro 2013 - 5

Dezembro 2010 - 8

Agosto 2017 - 5

Agosto 2016 - 8

Agosto 2015 - 5

Agosto 2014 - 4

Agosto 2013 - 13

Agosto 2011 - 1

Abril 2017 - 11

Abril 2016 - 15

Abril 2015 - 5

Abril 2014 - 10

Abril 2012 - 6

Abril 0213 - 1

Plus Alqueva – Porquê?

[ 04-11-2017 ]

É um facto indesmentível que a barragem de Alqueva mudou a face do Alentejo e criou uma alavanca para uma nova dinâmica na agricultura portuguesa. Esta grande revolução tem fundamentalmente que ver com a importância que a água tem na agricultura. Antes, os cerca de 120 mil hectares já irrigados estavam dedicados a pastagens, à cultura de trigo em sequeiro ou a amendoal ou olival de baixas produtividades. A chegada da água mudou tudo.

Com a chegada do regadio, entram em cena empresas agrícolas com gestão profissional, capacidade financeira e escala para competir no mercado interno e internacional.

A AGROMAIS não foi excepção, saiu da sua zona tradicional, o vale do Tejo e criou estruturas locais, destinadas a fazer parte da mudança a que se assiste neste momento no Baixo Alentejo.

Alqueva tornou-se uma excelente oportunidade de negócio para o Alentejo, para a agricultura e para o país. Esta infraestrutura vem potenciar o aumento de cerca de 400 milhões de euros de valor bruto de produção agrícola. O comércio dos factores de produção agrícolas não foge a esta tendência, pelo que, para vencer, há que criar presença local, massa crítica e dimensão.

A consolidação do sector, ou seja, o crescimento das empresas de distribuição e a respectiva concentração a um menor número de agentes foi expressiva no passado recente e tende a acelerar nos próximos anos.

Observa-se a existência de três grandes movimentos:

1) Crescimento territorial dos distribuidores;
2) Entrada em cena dos distribuidores estrangeiros;
3) Entrada do sector financeiro/fundos de investimento.

Novos métodos de gestão passam pelo desenvolvimento de processos de gestão estratégica, financeira, administrativa, comercial e de relacionamento com os empresários agrícolas. A evolução da gestão terá de ser uma realidade nesta nova estratégia de posicionamento no mercado, sendo um pré-requisito para a sobrevivência das organizações num futuro cada vez mais competitivo.

A aposta da AGROMAIS nesta nova área de produção é clara e evidente, pelo que, também, no negócio dos factores de produção se tornava imperiosa a criação de uma estrutura local onde se pudesse replicar, com as particularidades próprias desta região, o modelo de negócio iniciado em 1999 no Ribatejo. Deste modo, estamos, a partir deste ano, com a criação das estrutura física da Plus Alqueva em Ervidel, mais aptos a responder aos desafios que este negócio local nos apresenta.

Plus Alqueva porque:

-Acreditamos que o nosso modelo de negócio tem todas as condições para vencer no Baixo Alentejo;
-Estamos convictos de que estas novas áreas de regadio criaram espaço para o aparecimento de novos players regionais no negócio dos factores de produção;
-Como especialistas na comercialização de factores de produção, pudemos aportar a diferença num mercado em grande transformação, como é o do Baixo Alentejo.

Em Suma, Plus Alqueva porque:

Queremos estar onde se desenha o Futuro.

Miguel Reis
Diretor Comercial da Plus Alqueva

 

Voltar