Ir para:    página inicial    |    conteúdo página    |    Pesquisa 

Últimas Notícias

Agroglobal 2018

Católica Lisbon volta à Golegã para mais uma Acão de Restolho

Agroglobal

Atenção | Comunicado - Mais Milho Tour 2018 CANCELADO

RTP 1- Missão 100% Portguês | Milho Pipoca da Agromais

 

Notícias em Destaque

30º Aniversário da Agromais

200 Voluntários da KPMG colhem 4.2 t de Pimentos

O ano agrícola vai terminar! …….. Porque não fazer contas?

Agrotejo: há 30 anos ao serviço dos agricultores da região

Ou há água ou não há agricultura em Portugal!

Visita - Curso Profissional Agrícola da Golegã

Fruit Attraction 2017 - MADRID

Agromais: há 30anos a cultivar confiança junto dos agricultores

Campanha Solidária para com as Vitímas dos Incêndios de Pampilhosa da Serra

Plus Alqueva – Porquê?

Mais de 530 milhões de euros em vendas em 30 anos

Milho

Vídeo - 30 Anos da Agromais

Inscrições abertas para o curso de Aplicação de Produtos Fitofarmacêuticos

Projecto Restolho no programa Agora NÓS, RTP

Newsletter

Escola Profissional de Torres Novas

Os três Qs

Missão Continente 2017

Feliz Natal e um Próspero 2018!

Campanha Solidária

Como será a Política Agrícola Comum (PAC) pós-2020?

Como será a Política Agrícola Comum (PAC) pós-2020?

Responsabilidade Social

9º Colóquio do Milho

AGROMAIS na Fruit Logística 2018 - Berlim

Ação Solidária de Reflorestação

A Tecnologia ao Serviço da Agricultura

Eletricidade

Acção de Restolho | ATL do Município da Golegã

5º Edição do MaisMilho

As energias renováveis na Agricultura

Caloiros da Católica-Lisbon "Arregaçam as Mangas" para a Apanha da Batata

Comemorações do 30º Aniversário da Agromais

Faculdade de Medicina de Lisboa - 2º edição

Caloiros da Católica-Lisbon batem novo recorde com 4 toneladas de batata colhida

Acção de Demonstração - Projecto Mais Solo

XVI Encontro de Agricultores

16.º Encontro de Agricultores da Agromais Plus

Candidaturas Pedido Único 2018

Prémio Nacional de Agricultura 2017

Jornada de Campo - Parceria Portuguesa para o Solo (PPS)

Feliz Páscoa!

Feliz Páscoa!

Comunicação e Pessoas

35º Ovibeja

Newsletter da Agromais

Presença da Agromais C.R.L e Plus Alqueva na 35º Ovibeja

Plataforma Digital AGROMAP

Seguro de Colheita de Milho para a Campanha de 2018

Acção de Restolho - Agrupamento de Escolas da Chamusca

Feira do Campo Alentejano

Projetos Smart Crop e Milho Amarelo - Dia de Campo

PROJECTO RESTOLHO RECEBE DONATIVO DA MISSÃO CONTINENTE

Candidatura aprovada! Qual a fase seguinte?

ATL Município da Golegã participa em ações Restolho

Mais Milho Tour 2018

RTP 1- Missão 100% Portguês | Milho Pipoca da Agromais

Atenção | Comunicado - Mais Milho Tour 2018 CANCELADO

Agroglobal

Católica Lisbon volta à Golegã para mais uma Acão de Restolho

Agroglobal 2018

 

Arquivo de Notícias

Setembro 2018 - 2

Setembro 2017 - 8

Setembro 2016 - 10

Setembro 2015 - 10

Setembro 2014 - 12

Setembro 2013 - 11

Setembro 2011 - 2

Setembro 2010 - 3

Outubro 2017 - 6

Outubro 2016 - 3

Outubro 2015 - 6

Outubro 2014 - 10

Outubro 2013 - 25

Outubro 2010 - 2

Novembro 2017 - 6

Novembro 2016 - 6

Novembro 2015 - 5

Novembro 2014 - 12

Novembro 2013 - 18

Novembro 2010 - 2

Março 2018 - 5

Março 2017 - 8

Março 2016 - 13

Março 2015 - 5

Março 2014 - 10

Março 2013 - 9

Março 2012 - 13

Março 2010 - 1

Maio 2018 - 3

Maio 2017 - 6

Maio 2016 - 7

Maio 2015 - 2

Maio 2014 - 10

Maio 2012 - 1

Junho 2018 - 4

Junho 2017 - 5

Junho 2016 - 14

Junho 2015 - 6

Junho 2014 - 9

Junho 2012 - 1

Junho 2010 - 3

Julho 2018 - 2

Julho 2017 - 4

Julho 2016 - 7

Julho 2015 - 7

Julho 2014 - 8

Julho 2013 - 17

Julho 2012 - 5

Julho 2011 - 13

Julho 2010 - 2

Janeiro 2018 - 2

Janeiro 2017 - 10

Janeiro 2016 - 11

Janeiro 2015 - 8

Janeiro 2014 - 7

Janeiro 2012 - 7

Janeiro 2011 - 11

Fevereiro 2018 - 6

Fevereiro 2017 - 8

Fevereiro 2016 - 9

Fevereiro 2015 - 11

Fevereiro 2014 - 16

Fevereiro 2013 - 7

Fevereiro 2011 - 5

Fevereiro 2010 - 1

Dezembro 2017 - 6

Dezembro 2016 - 7

Dezembro 2015 - 11

Dezembro 2014 - 3

Dezembro 2013 - 5

Dezembro 2010 - 8

Agosto 2018 - 4

Agosto 2017 - 5

Agosto 2016 - 8

Agosto 2015 - 5

Agosto 2014 - 4

Agosto 2013 - 13

Agosto 2011 - 1

Abril 2018 - 3

Abril 2017 - 11

Abril 2016 - 15

Abril 2015 - 5

Abril 2014 - 10

Abril 2012 - 6

Abril 0213 - 1

Candidatura aprovada! Qual a fase seguinte?

[ 04-07-2018 ]

O sector primário tem tido nos últimos anos saltos significativos ao nível da produtividade, qualidade, segurança alimentar e segurança dos colaboradores. Alguns destes ganhos foram imposições que o mercado e os consumidores exigiram, mas outros resultam do grande salto que houve ao nível da introdução de novas tecnologias e partilha de informação.

Os empresários agrícolas ou empresários agro-pecuários têm revelado uma enorme capacidade de evolução com a introdução de novas tecnologias, introdução ou reintrodução de novas actividades, actualização dos equipamentos e infra-estruturas. Esta evolução, salto tecnológico e alinhamento, tem sido essencial para a sustentabilidade das explorações para que consigam continuar com a sua nobre função, com margens brutas cada vez mais pequenas.

Para que as explorações tenham oportunidade de promover a sua evolução, tem havido ao longo destes anos, algumas ajudas, tal como noutros sectores de actividade, influenciando a economia regional e nacional, mas com grande importância no desenvolvimento, continuidade, actualização e sustentabilidade dos agricultores.

Estas ajudas ao investimento no presente quadro comunitário, são realizadas pelo programa PDR2020 com um orçamento limitado, estas candidaturas têm de esperar por uma hierarquização contemplando algumas, com parecer favorável, mas sem dotação financeira e as outras com maior pontuação e decisão favorável, com direito à dotação. Ou seja, nesta altura, uma famosa VGO (valia global da operação), hierarquiza a candidatura tendo como base os investimentos propostos e características da própria exploração, certificações, entre outros. Por isso, não basta ter uma candidatura coerente na realização de investimentos necessários à exploração, é essencial pontuar! Este assunto já foi abordado, mas não consegui resistir a referi-lo novamente, não me alongo mais.

O que me leva a escrever este texto diz respeito ao facto de após as candidaturas do PDR2020, ficarem com um termo de aceitação, anteriormente designado por contrato, no seguimento de uma decisão de aprovação. Por outras palavras, a candidatura passou à fase seguinte, houve a contratualização. E com uma candidatura aprovada, tendo intenção de dar seguimento aos investimentos propostos, é necessário cumprir, estar alerta e reunir um conjunto de elementos, necessários ao preenchimento dos pedidos de pagamento. Ou seja, ainda existe muito trabalho a ter em atenção.

É necessário que estes elementos, estejam reunidos num determinado local, com localização bem definida. Mas um dos pontos importantes, será a realização dos pagamentos pela conta determinada para esta candidatura, onde todos pagamentos dos investimentos propostos têm de ser realizados pelo nib inserido no respectivo termo de aceitação/contrato.

Já lá vai o tempo onde se exibia a factura, o recibo e cópia do cheque, para comprovativo dos pagamentos. Nesta altura, os pedidos de pagamento são processos muito completos, nalguns casos, mais complexos do que a própria candidatura. Onde têm de constar os respectivos documentos relativos à compra (factura e recibo), mas também o documento comprovativo do pagamento, o extracto bancário completo e o extracto contabilístico.

Também, é necessário realizar uma placa específica colocando-a na exploração de forma visível para que seja possível verificar a medida e o tipo de candidatura. E, ter atenção às condicionantes que são manifestadas na análise da candidatura, como é caso dos pareceres da RAN, REN, licenciamento dos recursos hídricos, licenciamentos camarários, REAP, entre muitos outros. Deixou mesmo de haver uma última visita no último pedido de pagamento, nesta altura, cada pedido de pagamento tem direito a visita de controlo das despesas realizadas e incluídas no pedido de pagamento por parte da Direcção Regional que o analisa.

Desta forma, para além de manter a continuidade da operação de acordo com o estabelecido na candidatura, tanto ao nível temporal, como a nível de actividades e investimentos propostos, é necessário realizar os respectivos pedidos de pagamento com um nível de detalhe que permita a análise do mesmo, de forma fácil. Assim, quero aqui ressalvar a grande importância desta fase das candidaturas, para que o promotor usufrua da ajuda a que se propôs.

Também, não é intenção promover uma crítica ao nível de exigência que agora é solicitada, antes pelo contrário. Esta exigência ou acompanhamento dos detalhes serão justificados pela utilização que vamos fazer a fundos comunitários e nacionais. Temos, até pena, que uma dita VGO não permita que tenhamos mais pedidos de pagamento para realizar e assim promover o crescimento e desenvolvimento de um sector do qual somos, francamente bons.

Concluindo, a importância que uma candidatura ao investimento tem numa exploração leva a que ao longo da operação do projecto realizado, haja um foco cada vez mais profissional e criterioso, para que, voltando a referir, os promotores tenham uma exploração eficiente, sustentável e com bom rendimento empresarial influenciando positivamente o território.

Parabéns aos agricultores, pelo seu espírito empreendedor e resiliente, nós estamos cá para os apoiar!

Pedro Reis Mendes
Técnico da Agrotejo

 

Voltar